PRODUTIVIDADE: Sete dicas matadoras para fazer sua procrastinação mais produtiva.

Olá leitores!

Procrastinar... ah, que mau hábito delicioso. É aquele famoso costume de deixar pra amanhã o que pode ser feito hoje. Mas é importante ter em mente que o hábito às vezes pode se transformar em vício. E esse vício pode destruir sua produtividade, simplesmente porque te joga pra perto dos prazos dos seus projetos e, dessa forma, compromete a qualidade deles, porque você acaba se tornando refém do imediatismo. A procrastinação pode trazer prejuízos pessoais e tristeza, depressão, sentimento de inutilidade.

Neste post, vou apresentar pra vocês, sete passos que podem te ajudar a ter uma procrastinação com o mínimo de produtividade, pra perder por um lado, mas ganhar por outro, porque o hábito de procrastinar, na verdade é uma constante, e que precisa em muitos casos ser administrada de maneira sempre progressiva.

#1 - Desenvolva outros talentos.

Todo procrastinador tem problemas de foco. Quando sua tarefa se tornar chata demais, procure uma coisa que você curta fazer, tipo artesanato, desenho, pintura, etc. Quando você tá procrastinando, essas coisas tendem a ser super mais interessantes, então vai atrás desses hobbies que possam acrescentar à sua experiência. Aproveita pra aprimorar suas técnicas e permitir-se ter sucesso total naquilo que pode ser no futuro, parte do seu processo de crescimento.

#2 - Ponha a casa em ordem.

Quando a gente fala que qualquer coisa é mais interessante quando procrastinamos, é TUDO mesmo. Na minha procrastinação, eu viro até um exímio dono de casa, faço faxina, cozinho, e principalmente lavo roupa. A sua procrastinação pode fazer com que a sua casa seja super mais organizada, quando a volta às suas atividades normais ocorrer, será uma preocupação a menos. Só não se perca novamente na bagunça que você é capaz de produzir.

#3 - Se cuide. 

Se a produção não vai bem, sua saúde pode ir. Caso não consiga desenvolver o seu trabalho, se afaste de tudo, vai meditar e cuidar da vida em outros aspectos. Que tal um bom banho demorado, uma horinha de massagem nos pés, um pouco de conversa com um amigo ou com algum familiar de respeito. São coisas pequenas que pode ajudar de maneira muito significativa a forma com que você interpreta o trabalho e sua vida real, sem que haja um real prejuízo no processo de trabalho e vida.

#4 Leia mais. 

Mesmo que seu trabalho envolva leitura, nada se compara à leitura de materiais que a gente gosta. Aproveite e tenha sempre muitos livros à disposição, especialmente aqueles que te deixam mais relaxado. Ler melhora a sua performance linguística, além disso, se o seu trabalho envolve criatividade, a leitura de um material divertido pode ajudar a "sair da caixa" e desenvolver mecanismos de criatividade que são essenciais. Mesmo o pior trabalho do mundo tem que ter um momento de relaxamento.

#5 Faça contato com alguém.

Se a procrastinação te pegou em cheio e o seu celular tá do lado, faz uma ligação pra alguém que você não mantém contato há um certo tempo. Isso ajuda a te provocar sensações positivas ao mesmo tempo em que fortalece laços amorosos ou de amizade que você possui. Vale lembrar que, em muitos casos, a procrastinação é sempre direcionada a uma determinada atividade, as demais não são prejudicadas, porém, em todos os casos, você pode tentar ao menos conversar com alguém que você não fala há um certo tempo. Só não vale pedir dinheiro emprestado!

#6 Ganhe um dinheirinho extra.

Como? Já viu aqueles programinhas de investimento na bolsa de valores? Você só precisa de uns poucos dólares (pouco mesmo!), uma boa conexão à internet e alguma intuição. A sacada é acompanhar a variação das ações das empresas nas principais bolsas de valores, e em seguida ir comprando quando tiver barato, vendendo quando tiver caro. E por aí a coisa vai até você acordar pra necessidade de voltar a trabalhar!

#7 Faça um auto diagnóstico.

Procrastinar é uma coisa normal, todo mundo tem seus dias menos e mais produtivos. No entanto, é importante que se tenha em mente que a procrastinação em excesso destrói qualquer vida profissional. Por isso, fique atento, uma coisa é aquela falta de vontade de trabalhar numa coisa (como eu, que deveria estar trabalhando noutras coisas, mas tô blogando), outra coisa é a perda do interesse em todo o resto. Isso pode ser um indício muito forte de alguma forma de depressão, que é um mal severo e que você precisa trabalhar o quanto mais cedo possível, até pra saber que a procrastinação nem é o maior dos seus males.

Concluindo...

Bom, procrastinar é muito bom, mas pode ser muito mau. Hora de dar uma paradinha é sempre necessária, mas não esquece que você precisa MESMO recarregar as suas energias e perceber a importância dos seus objetivos na vida. Dá uma olhada se a constante procrastinação não é um sinal também de que você precisa expandir as suas ideias, construir outros espaços de relacionamentos pessoais e profissionais e, claro, de mudanças radicais de vida. Mas quer dar uma fugida e ainda ajudar o canal? Confere esse vídeo aí:


E na oportunidade aproveitem para assinar o canal para que eu possa desenvolver mais conteúdo importante pra vocês!

Gostaram das dicas? Quais as suas? Me conta aí nos comentários e não esquece de compartilhar esse singelo post aí nas suas redes sociais! @Blog_192001 @Mrsilvioh

INSTAGRAM FEED

@ricardandrade2008