DICA - Umidade e gadgets: como resolver!

Telefones, câmeras e lentes para DSLR: vítimas em potencial da umidade.
Olá leitores! Saudações!

Se vocês, assim como eu, ADORAM seus gadgets, certamente querem muito estar com eles em todos os lugares. Eu gosto tanto, mas tanto de registrar as coisas, que eu acabei comprando muitos gadgets. Uns resistem a praticamente tudo, como a minha câmera de ação da Sony. Outros, apesar de usar bastante, sempre tive problemas com algumas coisas, entre elas, a tão temida umidade.

Quando a água entra em aparelhos eletrônicos que não estão isolados, ela provoca muitos curto-circuitos, além de ocasionar a queima de placas. Isso pode danificar seriamente o seu gadget, seja telefone, câmera fotográfica e afins, e acabar provocando um prejuízo grande no conserto, quando não demandar a substituição do pobre gadget.

Foi pensando nisso que eu bolei essa dica matadora pra resolver o problema da umidade com relação aos seus gadgets menores, como câmeras portáteis e celulares. Vamos à dica?

Guardando tudo.

A dica é simples. Se você quer remover a umidade dos seus gadgets, nada melhor do que usar os deumidificadores que existem no mercado. Eles são utilizados pra remover a umidade e matar o mofo de gavetas, guarda-roupas, etc. Mas, quando colocado sob as circunstâncias corretas, eles mandam ver na umidade de qualquer gadget.

Isso só é possível porque esses deumidificadores utilizam o Cloreto de Cálcio, cuja fórmula eu vos apresento agora:

Cloreto de Cálcio, o inimigo número zero da umidade.
 O Cloreto de Cálcio absorve simplesmente toda a umidade presente no ar, buscando ela onde estiver. Isso inclui as áreas internas dos componentes eletrônicos. É como passar aquele paninho seco nos circuitos. Muito bom mesmo.

Pra dar aquela geral preventiva (recomendo) nos seus gadgets, recomendo usar aquele pote de Whey Protein que a gente tem esquecido em casa, lavado, de preferência, um deumidificador (de qualquer marca):

Embalagem de Whey Protein e "Evita Mofo", seu deumidificador pra gadgets.
Coloque o seu gadget junto com o deumidificador e deixe repousando lá, desligadinho por no mínimo 24 horas. Em seguida dá pra usar de boa, normal, na maior. Sem preocupar-se com os problemas causados pela Umidade.

Por que fazer.

Muitos gadgets, pelo uso diário, estão mais suscetíveis ao ataque da umidade. Os nossos celulares, mesmo nos nossos bolsos, estão expostos à umidade do nosso corpo, pelo suor, que pode entrar no corpo e em seguida se condensar sobre placas e circuitos. Quem usa celulares com muito vidro, como os da linha Z da Sony ou com muito metal, como os Iphones, é uma vítima em potencial.

Quem usa o celular no banheiro, pra usar o Whatsapp ou ouvir aquela musiquinha no banho deve redobrar a atenção. Além do risco de quedas, o que, evidentemente, vai danificar de alguma forma o aparelho, o banheiro é um ambiente naturalmente úmido. Essa umidade, claro, vai parar dentro do seu telefone/tablet.

Quem usa câmeras DSLR tem que redobrar o cuidado. A minha cidade é super úmida, por causa dos reservatórios de água para a geração de energia elétrica. Quando fotografo ao ar livre, ou quando fico em casa muito tempo, exponho as minhas lentas à umidade, o que pode danificar pelo aparecimento de fungos. Uma deumidificada cai bem, mesmo porque elas custam quase tanto quanto os gadgets que eu mais gosto.

Motivos não faltam. Mas qualquer gadget pode passar por esse tratamento? Com que frequência eu devo colocá-los nesse "tratamento"? Varia de gadget pra gadget, mas eu recomendo pelo menos uma vez ao mês. Claro que quem mora no litoral precisa mais. Não é uma boa usar se seu gadget possui muitos detalhes em borracha, o ressecamento pode provocar uma quebra nessas partes.

Gostou das dicas? Manda suas sugestões e outras dicas nos comentários.

BÔNUS

Quer saber como seu gadget pode te ajudar na faculdade? Clique aqui.

 @Blog_192001 @Mrsilvioh

INSTAGRAM FEED

@ricardandrade2008