SAÚDE - Cinco dicas pra começar na academia.


Todo mundo quer ter um corpinho legal. Mas nem todo mundo nasceu com a genética privilegiada. E até quem nasceu, se não fez um bom trabalho alimentar no decorrer da vida, já sabe, né? Pois bem. É hora de ir pra academia.

Muito embora a maioria dos frequentantes antigos não admitam, ir à academia é sim, pra algumas pessoas, especialmente quem está acima do peso, uma experiência que pode ser hostil. Os olhares, o julgamento dos demais participantes e, em alguns aspectos, até mesmo o sentimento de vergonha decorrente da percepção do que as pessoas esperam que o sujeito tenha, faz com que a experiência de frequentar a academia, que pode ser uma coisa corriqueira, torne-se um exercício de tolerância e de superação.

As dicas a seguir são de apoio a quem está começando a jornada. Pra quem nunca esteve numa academia, o espaço pode ser também complexo e misterioso, e sempre rola aquele medo de não ser compreendido e de passar vergonha. Nas próximas dicas, esperamos que o leitor possa se encontrar e, dessa maneira possa frequentar a academia e conseguir manter a tão sonhada forma para o próximo verão!

#01 Sinta-se à vontade.

E isso pode acontecer sob diversas condições, como ir à academia em dias que você sabe que poderá encontrar mais pessoas iniciantes, ou ainda, frequentar a mesma academia que outros amigos indiquem. A academia perto de casa pode ser uma boa pedida, mas só se você não se sentir intimidado com a presença dos amigos e dos vizinhos de bairro. Em geral, o julgamento dessas pessoas tende a ser positivo, já que elas podem passar alguns estímulos positivos. Não existe uma pressão, mas se você puder se cercar daquelas pessoas que apreciarão o "depois" dos processos de emagrecimento, ótimo.

#02 Seja realista.

A verdade é que em muitos casos, ir à academia pode ser desestimulante. A distância, as pessoas que você vai encontrar lá, a sua própria rotina de trabalho, etc. Então, é importante começar fixando metas realistas. Não adianta pensar em ir à academia todos os dias, se o trabalho não facilitará esse acesso. Não tem por que ir à academia à noite, se você precisa acordar às cinco da manhã. Então, o foco principal é começar, ir ao seu próprio ritmo.

#03 Não se importe.

A verdade é que a minha experiência em academia mostra que o público frequentante é de 20% de pessoas normais que querem mais definição em seus corpos, 20% de pessoas que têm o corpo tão perfeito quanto aquelas estátuas que estão no Vaticano e os outros 60% pessoas normais, com barriguinha saliente, pneuzinhos, cara de cansado, suor, com o abadá do carnaval passado, etc. Então não se importe se você estiver nesse padrão, é o padrão da maioria das pessoas por lá. No começo é meio normal se sentir com um pouco de vergonha e tal, a sensação de que todos estão olhando pra você é uma realidade, mas isso não quer dizer que seja completamente verdade ou mentira. Sim, todos estão percebendo a sua presença ali, mas isso não vai durar nem uma semana.

#04 Na dúvida, não faça.

Normal se você não contratou um especialista (recomendo) é que você tenha algumas dúvidas relacionadas à forma de "armar" seu aparelho, o nome de alguns exercícios e outras coisinhas (academias são lugares muito herméticos nesse sentido), então se isto acontece com você, sugiro que procure um instrutor. As boas academias devem ter pelo menos três para auxiliar os seus clientes, sem cobrar nada a mais por isso. Não havendo nenhum disponível, espere um pouco, e, por fim, se não conseguir mesmo um, simplesmente mude a sequência até que alguém apareça. Nunca faça um exercício que não tem certeza da execução, principalmente se isso exigir trabalho com pesos, que podem provocar lesões sérias e danos à sua coluna. Fique esperto.

#05 Menos é mais.

Quando a gente começa na academia, é normal ficarmos um pouco empolgados com a vida fitness. Vá com calma pra não cair numa ressaca séria e acabar abandonando de vez o projeto do próximo verão. Normal que no início você queira ficar um tempo a mais e tal, mas é importante ter um tempo pro corpo descansar e se preparar pra próxima rodada de treinamentos, mesmo porque, de maneira direta, a sua responsabilidade é imensa: seu corpo é a sua maior e melhor propriedade, claro, todo mundo tem que buscar aquele padrão de beleza

BÔNUS

A gente sabe como é estimulante começar uma rotina fitness, e de imaginar como as coisas serão dali pra frente. Nesse bônus às nossas dicas pra começar na academia, eu tenho que fazer dois alertas: o primeiro deles é em relação aos resultados. Quando comecei a malhar, imaginei que teria os resultados que tenho hoje há oito meses atrás (tomando como referência janeiro de 2016, que é a data em que escrevo este post), o que quer dizer que as coisas não são tão simples assim quando o assunto é academia. Não crie expectativas que possam te frustrar, porque os resultados vêm de forma diferente de corpo pra corpo. Uma boa referência para isto é a suplementação, que em alguns faz verdadeiros milagres, noutras pessoas simplesmente não funciona.

O segundo motivo de termos esta conversa é a questão das redes sociais. Tudo bem compartilhar de vez em quando um post sobre fitness, dicas saudáveis, etc. Mas no geral essas coisas tendem a ser desagradáveis para as pessoas que não frequentam academia, ou que o fazem por motivos outros que não para ficar com o corpo mais bonito (algumas academias oferecem treinos funcionais e reabilitadores, como o Realinhamento Postural Global - RPG, que são desenvolvidos com fins terapêuticos e nem sempre são divertidos), também porque eles são, muitas vezes, resultados de experiências que não se repetem no universo real com muita frequência. Isso não quer dizer que você não pode ter essas dicas. Faça como eu:

Ah, não seja adepto de coisas que você não tem certeza do que são exatamente, como o tal do "fluxo". Coisa chata as tags #SegueOFluxo e #NaoSegueOFluxo, que eu simplesmente não consigo compreender, certo?


Até a próxima e boa malhação!

@Blog_192001 @Mrsilvioh

INSTAGRAM FEED

@ricardandrade2008