Ano novo, metas novas.


Celebremos mais 365 oportunidades de acertar, de errar, de, sobretudo, aprender. Com o ano que se inicia, que mudem seus pensamentos, seus gestos e suas cores de ver o mundo. Que o tempo traga novas oportunidades de ação e pensamento e, sobretudo, mais esclarecimento. Que em 2016, as tecnologias não sirvam para afastar, nos curvando em telas e mais telas, mas possam ser prenúncio de que já não precisamos mais sentir saudades.

Eu, particularmente, já não espero muito de 2016, porque o próximo ano será um reflexo do velho eu. Todos nós podemos, se quisermos, fazer u ano novo a cada recomeço de vida. Mas, ah! Que importam as praticidades de uma perspectiva alternativa? Que o 01/01 seja o ponto inicial, o "start" pra perder as gordurinhas, ganhar mais dinheiro, sair do vermelho, livrar-se de um relacionamento antigo, e, quem sabe, iniciar um novo.

Que 2016 seja um ano de novas descobertas e de novos despertares. Porque o ano é novo, mas as necessidades de homens e mulheres, estas sempre foram muito antigas. Então já é 2016. Que seja de festas, se de festas precisarmos, mas, sobretudo, que seja de forças para lutarmos pelo que há de mais importante na vida: felicidade.

Feliz 2016


@Blog_192001 @Mrsilvioh

INSTAGRAM FEED

@ricardandrade2008