Das verdadeiras amizades


Todos os seus amigos verdadeiros vão saber a hora de falar e de calar. É assim entre os amigos. Entre eles, nada é proibido, mas nem tudo é liberado. Teu amigo de verdade vai te emprestar um monte de coisas. E terá coisas suas há meses, pois sabe que você também tem coisas dele que não tem data pra devolver.

Amigos de verdade se xingam, brigam porque não concordam com as burradas que o outro faz. Amigo de verdade discorda, sim! E faz isso com mais frequência do que com os demais, porque ele está ali pra te conduzir também. E você a ele, ambos são uma equipe. Amigos de verdade não têm medo de dizer não, mas sabem mimar quando necessário e não prejudicial.

Teu amigo de verdade vai te olhar de diversos jeitos. E cada um dele vai ser compreendido. O comportamento fala muito mais que as palavras, e vocês se entenderão, porque quando as almas conversam, os corpos simplesmente permanecem inertes. Teu amigo te avisa dos perigos, e segue com você, e se arrisca pra te manter por perto. Pode sumir, permanecer muito tempo distante, mas sempre arderá lá dentro do coração dele aquela chama, que basta uma simples visita, e, pronto, está novamente em fogo vivo.

Todo bom amigo apelida. Faz parte do processo de identificação. É bom que você se acostume. Esta nova identidade pode te seguir a vida inteira. Amigo de verdade te chama pra ver aquele filme que você gosta, porque já sabe que você gosta dele, mesmo sem nunca ter te perguntado isso anteriormente. O amigo de verdade inventa diminutivos, usa termos diferentes pra se fazer entendido.

O amigo de verdade é exemplo. Você vai temer decepcionar e ele também. Quando sentirem-se em conflito ou dificuldade, certamente um perguntará o que o outro faria naquela situação. Ele conhece todos os seus defeitos e compreende suas fraquezas, mas é do amigo tentar ser - e dar - o melhor de si para com o outro, essa alma parceira, família que nos permitiram escolher.

Cuide do seu amigo. Amanhã ele pode não estar do seu lado. O que importa é o que viveu, pois isso, nem mesmo o tempo pode apagar dos anais do universo. Se o amigo é verdadeira, a amizade é sincera, então não importa quantos obstáculos virão: a segurança que um dá ao outro será sempre a barca que os conduzirá rumo a dias melhores.



Ninguém descreveu melhor a amizade do que Milton Nascimento. Canção da América é a prova irrefutável disso.

@blog_192001

INSTAGRAM FEED

@ricardandrade2008