Racismo não!


Quem acompanha o nosso espaço no Youtube, percebeu já que alguns usuários têm desferido comentários de baixo calão e natureza claramente preconceituosa contra os nordestinos. Eles admitem que tais manifestações são apenas exercício do direito de expressão, uma garantia assegurada pela Constituição Federal de 1988.

Todos nós sabemos que uma coisa é você falar o que pensa. É certo e sempre saudável ter-se opinião, e manifestá-la. Mas, o questionamento que eu faço é sobre os direitos das pessoas que são atingidas com esse tipo de comentário. Em algumas postagens, essas pessoas chegam a chamar o Nordeste de região "horrorosa", e falam que nunca iriam para lá. Bom, se não vão, isso é problema deles. Acho que o Brasil é grande o suficiente pra ter local para todo público. Só acho que os nordestinos não são essa raça atrasada e pobre, como estas pessoas insistem em dizer.

Olhem a opinião que este mesmo sujeito tem das pessoas que moram aqui no Nordeste:


Paraíbas e horrorosos. Na certa, esse Guilherme não deve mesmo conhecer o Nordeste. Agora, olha como é o canal dele:

Racismo é crime previsto em lei e dá cadeia. Todos nós não podemos ficar calados diante de uma barbaridade dessas, precisamos nos mexer e combater essas pessoas que têm claro desejo de provocar uma dissidência entre os brasileiros, causando verdadeiro caos. Quem garante que estas pessoas ficam só nos comentários? Que tipo de barbaridades essas pessoas e (perdoem a franqueza) seus instintos animais não fazem no anonimato das suas comunidades? Quantos eles serão? É melhor matar o mal pela raiz pra não chorar suas consequências depois.

Sou pernambucano, nordestino da gema e tenho muito orgulho disso. Digo em qualquer lugar de onde vim, e como acredito nas coisas que eu vi por lá. Mas, não é o meu orgulho em si, motivo para eu desmerecer a região de ninguém. Todos podem e devem sentir orgulho dos seus lugares natais. Em momento algum isso é ruim. Mas é dever de todos, também, respeitar e garantir que haja na melhor condição possível, de que outras pessoas se sintam bem.

Para evitar manifestações desse tipo, decidi lançar mão do canal do Youtube, e, para quem ainda não conhece o processo, facilitar o trabalho de denúncia destes sites e pessoas que praticam a discriminação racial em todas as suas variantes. O nosso tutorial mostra o passo-a-passo, como o cidadão comum pode salvar o dia, e contribuir com um mundo melhor, com menos preconceito contra as pessoas em seus locais de vivência.

É só ver, e, em menos de 2 minutinhos, seguir as dicas e pronto! Se você ver um site de cunho racista, ou mesmo páginas do Facebook e do Youtube, já saberá o que fazer.

TUTORIAL - COMO DENUNCIAR UM SITE RACISTA


Todos podem e devem denunciar. Não apenas os nordestinos, os nortistas e demais regiões, mas todos os que são brasileiros, que sabem que o grande quê do nosso país e a nossa diversidade, é a mistura, que desde 1500 tem sido formada à custa de muito suor, trabalho e força. Não calemos! Adiante!

Sílvio.
@Blog_192001

*DROPS ESTIMULANTES

#1
Ignorar que o racismo é uma instituição no Brasil é loucura, é negar a realidade. Quem pensa assim, deve ser alienado ou viver em outro país. É o que diz o grande Gabriel o Pensador na sua música "Racismo é Burrice", que vale a pena conferirmos e refletirmos sobre a mensagem dele!



#2 Não conseguiu ver o vídeo completo? Não tem problema. Veja a versão em PDF (pode baixar e divulgar) e compartilha com a galera no Facebook!

INSTAGRAM FEED

@ricardandrade2008