Você só tem as armas que tem



O medo nos congela. Ele nos impede de ver direito os desafios  que temos que enfrentar às vezes, daí a gente imagina que um grande problema é na verdade maior do que ele realmente é. Eis então que a sua vida vira uma bagunça e, convenhamos, uma vida bagunçada é um fardo difícil de se carregar. Mas, o bom disso tudo é que, se aquilo que te aflige não te mutila, nem te mata, ótimo. Você mesmo tem os recursos pra sair dessa situação em que entrou.

A gente pode estar numa pior ou ficar numa pior. A diferença entre uma situação e outra é determinada em saber se você foi arrastado ate lá, ou se foi ate lá pelas suas próprias pernas. Esse hábito que muitas pessoas adquirem com o tempo, é o principal responsável pela inúmera quantidade de burradas que as pessoas cometem. Ok. Mesmo que você já esteja numa bagunça e ache que talvez não tenha mecanismos para sair dela, não significa que tal problema vai ser capaz de destruir sua vida, entretanto, meu parecer é que se uma coisa não vai bem, o mundo conspira para que ela piore.

As pessoas têm uma visão errada das demais que habitam o mesmo espaço em comum que elas. Não apenas porque lhes causa incômodo ter de compartilhar o conforto do espaço individual, mas porque também é mais confortável criticar do que entender. A gente escolhe sempre julgar a ver o que há por trás das cortinas. Todavia, e é essa dinâmica mágica da vida que lhe confere a devida graça, este processo é recíproco e se você não teme em condenar alguém, esteja certo de que seu algoz te espera às tuas costas.

No entanto, se você está às voltas com ele. Calma. O senso comum é bobo, se ocupa de coisas que não duram para sempre, como a sua vida, por exemplo. Efemeridades encantam e trazem à tona o quão cruel aquelas pessoas que poderiam ser tuas amigas o são quando é chegada a hora de mostrar o seu valor. Chega o momento em que você é o assunto da vez, e, quer saber? Isolado e sem os amigos pra apoiar, você, de fato, só tem as armas que tem.

Assim, não espere, quando estiver na pior, que algum ser pejado de compaixão venha te resgatar. Não que eles não existam, mas o mundo é muito grande e há pessoas muito mais virtuosas do que você nele. Quem ganhou na loteria jogou, não esperou que alguém lhe desse o bilhete. Desse mesmo jeito é a situação de quem não encontra noutras pessoas a força para superar um momento difícil, se não encontrar nela mesmo a necessária força para seguir adiante, os estímulos que os outros nos dão ficam pelo caminho.

As maiores armas que alguém pode ter, sempre estão consigo mesmo. Ninguém nasce no mundo sem um dom, ninguém é tão inapto que não possa servir em algum lugar.  Mesmo quem é odiado por muitos é o querido de alguém e o inimigo nosso, por levar nosso nome além dos limites do que conhecemos por ciclo social, é também nosso amigo, pois instiga a curiosidade ao nosso respeito. Abandonado, execrado, o individuo ainda possui em si mesmo o elemento fundamental  para seguir adiante: a força de vontade.

O mundo machuca. Eu já me machuquei muitas vezes e quer saber? Descobri que isso nunca para.  Mesmo quando nossos olhos se enchem de lágrimas, as pessoas não se importam, pelo menos não até que elas mesmas estejam na berlinda. Ninguém parece se importar se você se importa, por isso que muitos se empenham em vingança. Mas, repito isso sempre, ninguém é uma ilha, e a força daqueles que nos destroem é a mesma que possuímos para nos reerguer.

Vi pessoas poderosas chorarem vergonhas por que já passei em outros tempos. Vi grandes amigos me traindo, mas não devolvi na mesma moeda. O choro existe, o rancor também, mas se eu me dedicar muito a estes sentimentos, em breve eu serei apenas eles.  A mesma lição apliquei a muitos dos que conheci e que conheço e vi que, por mais intensa que seja a emoção, ela passa e no segundo piscar de olhos, a lágrima que turvava a visão desaparece.  Ser melhor, ser superior está mais envolvido com a atitude que se tem quando se está por baixo, do que a intensidade da revanche que o devolve ao lugar de onde veio.

Nossas armas estão aí. Você pode escolher ser alvo ou atirador, em qualquer das hipóteses, o seu caminho poderá sempre ser determinado pela sua postura diante dos desafios – do maior desafio – que a vida lhe impõe. O caminho até o ressucesso é lento, leva tempo, mas fortalece e previne futuras quedas. Você pode cair uma situação pior, ou ser arrastado até ela, mas, pode acreditar, você só fica lá se quiser.

Sílvio
silvio.superboy@gmail.com
@mrsilvioh

INSTAGRAM FEED

@ricardandrade2008